ARAGUAÍNA-TO.” Fernando Haddad ganha no estado do Tocantins, veja as cidade aonde ele ganhou.

DIVULGAÇÃO  1°  P/  USUÁRIO.”

Haddad vence Bolsonaro em 111 das 139 cidades do Tocantins
Apesar da vitória do candidato do PT no Tocantins, Bolsonaro foi eleito presidente. O estado teve abstenção 258.102 eleitores, 45.111 votaram nulo e 7.688 escolheram votar em branco.

NOVA REDAÇÃO:

ATUALIZADO;  No dia  29/10/18  às  13:h50min  por SEGURANÇA PRIVADA jucelino… ( FOTOS e VÍDEOS  ) compartilhe.”

 

No 2º turno das eleições 2018, o candidato derrotado Fernando Haddad (PT) venceu Jair Bolsonaro em 111 das 139 cidades do Tocantins e alcançou 371.593, que representa 51,02% dos eleitores do estadi. Jair Bolsonaro (PSL), teve maior votação em apenas 28 municípios, e ficou com 356.684 votos, 48,98%. Apesar disso, Bolsonaro foi eleito o presidente da República.
Veja aqui como foi a votação na sua cidade
Na apuração geral, Bolsonaro ficou com 55,13% dos votos válidos, um total de 57.797.456 votos. Já Haddad obteve 44,87%, o correspondente a 47.040.819 votos .


Nas três maiores cidades do Tocantins, Palmas, Gurupi e Araguaína, a maioria dos votos foi para Jair Bolsonaro. O estado te 1.039.178 eleitores, 258.102 não foram às urnas, 45.111 votaram nulo e 7.688 escolheram votar em branco.

Haddad venceu em 111 cidades do Tocantins — Foto: Reprodução
Bolsonaro Presidente
Jair Messias Bolsonaro, do PSL, foi eleito o 38º presidente da República neste domingo (28) ao derrotar em segundo turno o petista Fernando Haddad, interrompendo um ciclo de vitórias do PT que vinha desde 2002.
A vitória foi confirmada às 19h18, quando, com 94,44% das seções apuradas, Bolsonaro alcançou 55.205.640 votos (55,54% dos válidos) e não podia mais ser ultrapassado por Haddad, que naquele momento somava 44.193.523 (44,46%).
No discurso da vitória, Bolsonaro afirmou que o novo governo será um “defensor da Constituição, da democracia e da liberdade”.

Aos 63 anos, capitão reformado do Exército, deputado federal desde 1991 e dono de uma extensa lista de declarações polêmicas, Jair Bolsonaro materializou em votos o apoio que cultivou e ampliou a partir das redes sociais e em viagens pelo Brasil para obter o mandato de presidente de 2019 a 2022.
Após quatro vitórias consecutivas do PT em eleições presidenciais (2002, 2006, 2010 e 2014), o novo presidente eleito se apresenta como um político de direita.
Vitorioso na primeira vez em que se candidatou a presidente, Bolsonaro sucederá Michel Temer (MDB), vice de Dilma Rousseff (PT) que assumiu o governo em 2016 devido ao impeachment da petista.