ARAGUAÍNA-TO.” Polícia Militar detém dois homens por desobediência.

DIVULGAÇÃO  1°  P/  USUÁRIO.”

Polícia Militar detém dois homens por desobediência e retira faca e mais uma arma de fogo ilegal das ruas de Araguaína.

NOVA REDAÇÃO:

ATUALIZADO;  No dia  27/02/19  às  07:h57min  por SEGURANÇA PRIVADA jucelino… ( FOTOS e VÍDEOS  ) compartilhe.”

Segundo denúncia para a Polícia Militar, eles estavam armados, hostis e conflituosos no local; desobedeceram as ordens dos policiais para serem abordados, inclusive tentando fuga e recusando-se a colocar as mãos na cabeça. Foram detidos por desobediência. Uma arma de fogo foi encontrada no local, mas não deu para se confirmar que lhes pertencia, motivo pelo qual foram autuados apenas pela desobediência. A arma foi apreendida e colocada à disposição da justiça para as providências cabíveis.

O fato aconteceu às 23h10 desta segunda-feira, 25, frente a um frigorífico localizado na TO 222, Setor Barra da Grota, em Araguaína-TO, de onde populares acionaram a Polícia Militar informando que havia ali pessoas em conflito e armadas.
Diante das característica dos suspeitos, os Policiais Militares chegaram ao local e, ao se aproximarem para abordá-los, eles, homens de 24 e 22 anos, não obedeceram a ordem para pararem e colocarem as mãos na cabeça; em vez disso, tentaram fuga correndo, contudo foram interceptados e utilizados uso de força legal e proporcional para abordá-los e, assim, foi efetuada busca, sendo encontrada uma faca na cintura do homem de 24 anos.
Na sequência, foi realizada uma varredura geral na área onde os infratores da lei passaram em busca de possíveis armas de fogo, contudo nada foi encontrado, assim, ambos receberam voz de detenção e estavam sendo conduzidos por ocasião da desobediência e do porte da faca, quando ocorreu outra ligação anônima dando conta de que a arma de fogo e o celular de um dos infratores se encontrava no local.
Os Policiais Militares retornaram e constataram que tanto o aparelho celular e a arma se encontravam colocados em lugares que eles já tinham feito buscas e não os tinham encontrado e verificaram que outra pessoa os plantou ali após a saída deles. Questionados quanto a propriedade da arma e celular; um dos detidos reconheceu que o celular era seu, mas negou que a arma lhe pertencesse.
A Polícia Militar acionou a Perícia e após os procedimentos periciais legais de busca de digitais na arma e demais exames técnicos, a arma foi apreendida e colocada à disposição da justiça para as providências cabíveis e os infratores da lei foram conduzidos à DP de Plantão onde foram autuados pela desobediência e o homem de 24 anos responderá também pela posse da faca.
Ressalta-se que esta é a terceira ocorrência envolvendo este homem de 24 anos acerca de envolvimento de conflitos naquele mesmo local, duas dessas com denúncia de que havia envolvimento de arma de fogo em meio ao conflito.