ARAGUAÍNA-TO/ Polícia prende meliante com uma arma de fogo e vários produtos furtados.

DIVULGAÇÃO 1° P/ USUÁRIO.”

2º BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO TOCANTINS.”

RELEASE 400/2019.
Polícia Militar prende três homens por porte ilegal de arma de fogo e receptação e recupera muitos objetos furtados em Araguaína
.

Os três indivíduos estavam em atitudes muito suspeitas; sendo que um deles, ao avistar os Policiais Militares, tentou se desfazer de uma arma de fogo. Nas buscas, foram encontrados na posse deles diversos produtos novos furtados de lojas e constatado que o revólver também era furtado. Os legítimos proprietários demonstraram muita satisfação ao reaver seus pertences novamente ao alcance de suas mãos.

Por-Tenente Coronel Clégio Valadares – Ascom/2º BPM.”

NOVA REDAÇÃO:

ATUALIZADO; No dia 03/12/19 às 15:h47min por SEGURANÇA PRIVADA jucelino… ( FOTOS e VÍDEOS COMPLETO ) compartilhe.”

Vários produtos recuperados No Poder Do meliante- reproduzido/ SEGURANÇA PRIVADA jucelino.”

A Polícia Militar prendeu na manhã desta segunda-feira, 02, três homens que se encontravam de posse de um revólver calibre 38 carregado com 06 munições, drogas e diversos produtos furtados e de origem duvidosa, na Vila Santiago, em Araguaína-TO.
O fato teve início quando os Policiais Militares da Seção de Inteligência juntamente com o Grupamento de Rádio Patrulha notaram uma movimentação estranha de indivíduos muitos suspeitos em uma Kitnet localizada na Rua S4.

Durante a averiguação, um dos suspeitos, homem de 31 anos, se retirou da kitnet em um veículo Saveiro, cor verde; sendo que, ao notar que os Policiais Militares o estavam seguindo, este suspeito tentou se desfazer de objetos jogando-o pela janela do veículo, ocasião em que a abordagem foi realizada e, assim, foi constatado que aquele objeto se tratava de um revólver calibre 38 com seis munições intactas. Nas buscas, foi ainda encontrado na posse deste abordado um cordão de ouro com pingente, um aparelho celular e uma pequena porção de cocaína.

Os Policiais Militares então retornaram à kitnet onde localizaram mais um homem de 40 anos de posse dos documentos dos veículos e de mais produtos furtados e de origem duvidosa; sendo que os militares prosseguiram nas diligências e localizaram mais um homem de 35 anos em outra residência localizada na Rua Platão, Setor Universitário, onde foram encontrados mais produtos furtados e de origem duvidosa.

Além da arma de fogo com munições e a porção de cocaína, a Polícia Militar apreendeu três veículos: um Saveiro, cor verde; um 207 HB, cor branca e um Palio, cor branca; recuperou e apreendeu ao todo muitas mercadorias de loja e outros pertences novos, conforme o seguinte: 01 pulseira de ouro com pingente de ouro, 10 isqueiros, 06 baralhos, 01 tesoura, 04 carteiras de cigarro, diversas ferramentas, acessórios para veículos, aparelhos eletroeletrônicos, 02 óculos de sol de marca, 06 aparelhos celulares, 39 relógios de pulso ao todo avaliados em mais de R$ 10.000,00 de valor total, 05 bonés,
01 mochila, 01 jaqueta, Diversos cabos de eletroeletrônicos, 03 bolsas femininas, 07 desodorantes, 03 perfumes, 03 caixas de som amplificadas, 01 fritadeira Air fryer, 01 panela de pressão, 03 capacetes para motociclistas novos, 01 máquina de costura, 07 gravatas, 01 cinto feminino, 01 cinto masculino, 01 par de sandálias, 01 balança digital, Diversas peças de roupas e vários outros objetos de origem duvidosa.

A Polícia Militar constatou que tinha ocorrido um furto em uma loja no município de Palmeiras-TO em que os produtos furtados correspondiam com os encontrados com os acusados, também verificou que os cabos eletroeletrônicos também correspondiam com os furtados em uma loja de Araguaína-TO e também verificou que aquela arma teria sido furtada em Araguaína também. Os Policiais Militares entraram em contato com os respectivos proprietários das lojas e da arma de fogo, os quais reconheceram os seus pertences e demonstraram muita satisfação ao reaver seus pertences novamente ao alcance de suas mãos.

Diante das evidências, a polícia militar deu voz de prisão para os três acusados e os conduziu juntamente com todos os objetos, drogas, arma e veículos recuperados e apreendidos para DP de Plantão onde foram devidamente autuados por porte ilegal de arma de fogo, por receptação, por posse de drogas e por associação criminosa.

Ressalta-se que um deles confessou já ter passagem pela polícia no Maranhão por homicídio. Havia uma mulher de 23 anos e um homem de 25 anos que foram encontrados junto com os acusados, mas como não se pode imputar-lhes ligação direta com os fatos, foram apenas ouvidos e liberados.