ARAGUAÍNA-(TO). Policial aposentado que atirou em servidor, apresenta na delegacia voluntariamente.

NOVA REDAÇÃO:

ATUALIZADO; no dia 07/11/17 às 14:h21min. Por SEGURANÇA PRIVADA Jucelino…

Militar aposentado que atirou em servidor confundido com bandido se apresenta em delegacia de polícia.

Servidor é baleado por PM aposentado após ser confundido com ladrão
O militar aposentado que atirou contra o um servidor público após confundi-lo com um assaltante, acaba de se apresentar na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa DHPP, em Araguaína. A informação foi confirmada pelo Delegado Regional, Bruno Boaventura.

Entenda

O caso aconteceu no início da tarde de ontem no setor Patrocínio em Araguaína. Momentos antes, a filha do policial foi assaltada e o PM saiu à procura do suspeito quando avistou um homem em uma moto com as mesmas características que a filha deu do ladrão.

Segundo informações, o policial teria dado ordem de parada mas o motociclista não atendeu, momento em que ele efetuou um disparo contra a vítima que foi atingida em um dos braços.

Vídeo

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o servidor Edsandro Celestino da Silva ferido implorando por ajuda e tentando explicar que não foi ele quem roubou a filha do PM: “Não fui eu não. Pelo amor de Deus, eu acabei de passar aqui. Fui levar minha sobrinha no colégio […] eu sou trabalhador”.

Nas imagens também aparece o homem que seria o policial aposentado. Falando ao telefone, ele impede outras pessoas de se aproximarem do baleado. O militar fugiu do local antes da chegada da polícia.

O servidor baleado que trabalha na prefeitura foi socorrido pelo Samu e levado para o Hospital Regional de Araguaína (HRA).

Resposta da PM

Em nota, a Polícia Militar se manifestou afirmando que será aberto um procedimento administrativo para apurar o fato e destacou que caso seja comprovado que o militar cometeu alguma violação penal ele deverá ser punido severamente.