ARAGUATÍNS- Dois homens foram presos com 4 armas em assentamentos.

Polícia prende homens com armas em assentamento após denúncia de funcionários de fazenda
Funcionários disseram que armas eram usadas para intimidar e fazer ameaças aos trabalhadores da propriedade. Polícia encontrou armas em barracas e escondidas na mata.
Por G1 Tocantins

NOVA REDAÇÃO:

ATUALIZADO; no dia 29/12/17 às 08:h14min por SEGURANÇA PRIVADA Jucelino…


Armas teriam sido usada para ameaçar funcionários (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Dois homens foram presos com quatro armas em um assentamento em Araguatins, no norte do estado. A Polícia Civil informou que Valdemar Alves da Silva e Ananias Almeida Silva assumiram que eram donos das espingardas, mas não tinham o registro das armas. Eles foram flagrados após funcionários da fazenda Água Amarela fazerem uma denúncia.

De acordo com os funcionários, as armas eram usadas por alguns assentados para fazer ameaças e intimidar os trabalhadores. O assentamento em questão se chama acampamento Nova Esperança e fica às margens da BR-230.

Além de Valdemar e Ananias, outros três moradores do assentamento foram levados para depor na delegacia de Araguatins. Eles são investigados por participar nas ameaças e tentar impedir os trabalhadores de desenvolverem as atividades na propriedade rural. O caso foi na tarde desta quinta-feira (28).

A Polícia Civil disse que duas armas de fogo estavam escondidas no matagal e outras duas nas barracas dos suspeitos. O material foi levado para a central de flagrantes da cidade e os suspeitos estão presos provisoriamente na Cadeia Pública de Araguatins.