ARRAIAS- Mulher suspeita de integrar ao novo Cangaço é presa em Araguaína”

NOVA REDAÇÃO:

ATUALIZADO; no dia 19/12/17 às 06:h57min por SEGURANÇA PRIVADA Jucelino… 

Suspeita de integrar quadrilha de ‘novo cangaço’ é presa por assalto a posto
Crime foi em Arraias, no dia 11 de novembro, mas prisão aconteceu em Araguaína. Polícia tenta identificar outros integrantes do grupo que deram suporte ao crime.

Suspeita de integrar quadrilha que assaltou posto foi presa (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Uma mulher de 41 anos foi presa suspeita de fazer parte de uma gangue que invadia cidades do interior e realizava grandes assaltos no Tocantins. Ela foi identificada como Indiara Sousa dos Santos e foi capturada em Araguaína. Um dos crimes mais recentes de que ela é suspeita é o roubo de um posto de combustíveis em Arraias, no sul do estado, no dia 11 de novembro.

Essa modalidade de crime é conhecida como ‘novo cangaço’ e é praticada em assaltos à bancos, postos de combustível e comércios. Parte da quadrilha se concentra no roubo em sí e parte ataca batalhões de polícia e delegacias, para impedir que a polícia chegue a tempo de prender os assaltantes.

No caso de Arraias, a polícia civil informou que Indianara teve a ajuda de pessoas ainda não identificadas. O bando teria invadido o posto e rendido vários funcionários, eles levaram folhas de cheque, aparelhos celulares e cerca de R$ 6 mil em dinheiro. Ninguém ficou ferido.

Ela era investigada pela delegacia de Arraias e teve a prisão preventiva decretada. A mulher foi encontrada em Araguaína na manhã desta segunda-feira (18). Após prestar depoimento ela deve ser transferida para a Cadeia Pública de Arraias.