GURUPI-TO. O policial civil foi detido na manhã desta segunda-feira dia 12 suspeito de falsificar documentos e fraudar financiamentos.

Atualizado; dia 13/06/17 as 08:55hs por Segurança privada jucelino

Um policial civil foi detido na manhã desta segunda-feira (12) suspeito de falsificar documentos e fraudar financiamentos. Ele seria integrante de uma quadrilha que movimentou cerca de R$ 2 milhões nos últimos anos. Segundo a Polícia Civil, o homem atuava como escrivão na 4ª DP de Gurupi, no sul do estado, e se aproveitava do acesso que tinha a documentos de vítimas de crimes para cometer as fraudes.

O suspeito foi detido na casa dele, em Porto Nacional, em cumprimento a um mandado judicial e transferido para Palmas, onde presta depoimento. No local foram encontrados carros de luxo. O delegado Rossílio Correia, responsável pelas investigações, disse que o agente foi afastado, teve as contas bloqueadas e bens sequestrados.