GURUPI-TO.” Violência deixa três mortos, Gurupi vive momento de terror.

DIVULGAÇÃO  1°  P/  USUÁRIO.”

Três pessoas morrem e uma fica ferida após serem atingidas por tiros na mesma noite em Gurupi
Segundo a polícia, os crimes aconteceram em regiões diferentes. Uma das vítimas é a travesti Daniela Cicarelli, de 24 anos.

NOVA REDAÇÃO:

ATUALIZADO;  No dia  20/07/18  às 08:h49min  por  SEGURANÇA PRIVADA jucelino… ( FOTOS e VÍDEOS  ) compartilhe.”

Travesti foi assassinada em Gurupi (Foto: Reprodução/Facebook)

Três pessoas morreram e uma ficou ferida após serem atingidas por tiros em Gurupi na noite desta terça-feira (17). Segundo a Polícia Civil, os crimes aconteceram em regiões diferentes. A suspeita é que homens em uma motocicleta tenham efetuado os disparos.

As vítimas são: Manoel Pereira da Silva, de 51 anos, Rogaciano da Rocha Santos, de 34 anos e a travesti Daniela Cicarelli, de 24 anos. O nome da pessoa que ficou ferida não foi informado. Ela está no Hospital Regional de Gurupi.

A travesti foi assassinada por volta das 22h30, na rua Santana, no setor União II. O local, segundo os moradores, é usado como ponto de prostituição.

A Polícia Civil informou que ela estava sozinha no local, quando foi surpreendida. O corpo ainda está no IML, aguardando exames e a liberação. Segundo a polícia, o ponto também era frequentado pela travesti conhecida como Natália, assassinada a tiros em outubro do ano passado.

Na época, um vídeo registrado pelas câmeras de segurança de uma empresa foi divulgado e mostra Josildo Costa dos Santos, de 27 anos, correndo. Ele cai momentos depois, após ser atingido por quatro disparos.

O outro crime aconteceu no setor Alto dos Buritis, por volta das 20h36. Uma testemunha relatou à polícia que dois homens estavam num bar, quando dois homens chegaram em uma moto e atiraram. Manoel Pereira, conhecido como Sabonete, morreu no local. Outro homem que estava com ele ficou ferido e foi levado para o hospital.

Rogaciano da Rocha foi assassinado no setor Jardim Eldorado. Um morador ligou para a polícia e disse que estava em casa quando escutou os disparos. Ao sair da residência, viu a vítima caída na calçada.