PALMAS- Vicentinho fecha com Public, Márlon Reis descarta aproximação com Amastha.

DIVULGAÇÃO  1° P/ USUÁRIO.”

Vicentinho fecha com a Public, Lelis “troca gentileza” com Amastha e Márlon Reis garante nova candidatura ao governo em outubro
Destaques • Eleições • Notícias • Política • Tocantins
Vicentinho fecha com a Public, Lelis “troca gentileza” com Amastha e Márlon Reis garante nova candidatura ao governo em outubro.

NOVA REDAÇÃO:

ATUALIZADO;  No dia 05/06/18 às 07:h32min por SEGURANÇA PRIVADA jucelino… ( FOTOS e VÍDEOS  ) compartilhe.”

Vários acontecimentos chamaram atenção nesta segunda-feira, 04, nos bastidores da política do Tocantins. Um deles foi o anuncio de uma das mais experientes agências em campanha eleitoral que tem como responsável o marqueteiro, Marcelo Silva, apesar de ter acabado de sair da campanha de Carlos Amastha, anunciou que irá assumir a de Vicentinho Alves (PR) no segundo turno. Vicentinho disputará com o governador interino Mauro Carlesse (PHS).

 

Marcelo Silva entra na campanha de Vicentinho Alves (PR) com o desafio de explorar todo potencial do seu cliente, como experiência na carreira de 30 anos na política, recuperar desgastes políticos, fortalecer as mobilizações nas redes socais e tentar convencer os eleitores durante os 4,5 minutos que terá na TV.

Amastha, Márlon Reis e Mário Lúcio

Em seu twitter o prefeito de Palmas após a derrota para Vicentinho e Carlesse afirmou que o momento é de “lamber as feridas” e que na próxima quarta-feira irá anunciar a “possibilidade ou não de participar no segundo turno”, apoiando alguma candidatura, mas que não vai abrir mão do Tocantins, referindo-se sua intenção de disputar a eleição em outubro. Na esperança e intenção de fortalecer o seu palanque nas eleições de outubro com sangues novos, Amastha parabenizou o  juiz licenciado e autor da Ficha Limpa, Márlon Reis (REDE), e o procurador da república licenciado, Mário Lúcio Avelar (PSOL).

Nem a senador, neutro no segundo Turno, mas candidato em outubro

No início da noite desta segunda-feira, 03,  em reunião com o comitê estadual do movimento ficha limpa do Tocantins, o grupo de Márlon Reis deliberou por consenso que não irá apoiar  nenhum dos dois candidatos no segundo turno nas eleições suplementares. Em seguida negou divulgações em sites que que seria candidato a senado na chapa de Amastha nas eleições de outubro. “O nome de Márlon Reis está confirmado como pré-candidato ao governo do Tocantins”, disse.

Amastha e Marcelo Lelis

Também chamou atenção foi a “cordialidade” do rival histórico de Amastha em Palmas, sendo ele, o ex-deputado estadual Marcelo Lelis (PV). Antes mesmo do sangue o primeiro turno esfriar numa eleição em que Lelis contribuiu para colocar Vicentinho Alves na frente de Amastha e, mesmo após Amastha ter condenado a “velha política” que “ainda domina com muita força o cenário político do nosso estado”, disse Amastha. Lelis parece que estava na espreita e foi o primeiro a responder numa mistura de sentimento de “ironia ou gentilidade”, agradecendo Amastha pelo reconhecimento da Vitória (de Vicentinho) e por ter combatido o bom combate: “Parabéns pelo reconhecimento sereno da vitória e por ter feito o bom combate!!!”