SÃO PAULO- SP.” Grupo explode carros-fortes na rodovia dos Tamoios em SP.

DIVULGAÇÃO  1°  P/  USUÁRIO.”

Grupo explode carros-fortes na rodovia dos Tamoios em SP
Dois carros-fortes foram interceptados. Um deles chegou a tombar na divisória de concreto da rodovia dos Tamoios, em Paraibuna (SP).

NOVA REDAÇÃO:

ATUALIZADO;  No dia  22/01/19  às   19:h07min  por SEGURANÇA PRIVADA jucelino… ( FOTOS e VÍDEOS  ) compartilhe.” 

Veículos ficaram destruídos após o ataque na rodovia dos Tamoios
Reprodução
A Polícia Militar de São José dos Campos informou que dois carros-fortes de uma empresa de transporte de valores foram atacados no início da noite segunda-feira (21), no Km 56 da rodovia dos Tamoios, em Paraibuna, na região do Vale do Paraíba.

Leia mais: Frequentes assaltos a carros-fortes surpreendem pelo requinte das operações

De acordo com informações do 46º Batalhão da Polícia Militar, os veículos blindados da Protege seguiam pela rodovia, quando foram cercados por homens que estavam em ao menos 3 veículos.  Dois seguranças ficaram feridos e foram levados para hospitais da região.

FOTOS E VÍDEOS COMPLETO ( Jucelino).”

 

Veja a ação dos criminosos explodiram dois carros fortes.”

Dois carros-fortes foram interceptados e os homens conseguiram explodir os veículos. Um deles chegou a tombar na divisória de concreto da rodovia dos Tamoios.

A Polícia Militar afirmou ainda que os bandidos fugiram, mas não soube dizer se conseguiram retirar o dinheiro que estava nos malotes.

Ainda não se sabe se a ocorrência ficará com a Polícia Rodoviária Estadual ou se será encaminhada para a delegacia de Paraibuna.

A rodovia dos Tamoios foi interditada nos dois sentidos no km 56, e até às 21h30  não havia previsão de liberação. As rotas alternativas são pela rodovia Osvaldo Cruz e a rodovia Mogi Bertioga.

A Protege, empresa responsável pelos carros-fortes, confirmou que foi vítima de uma ação criminosa na Rodovia Tamoios. “Informamos que encaminhamos uma equipe para prestar toda a assistência aos vigilantes e estamos colaborando com as autoridades na investigação em curso”, escreveu a empresa em nota.