SEGURANÇA PRIVADA- Assalto a carro forte da empresa proforte, na BR 277 Rodovia do Paraná.

NOVA REDAÇÃO:

Atualizado; no dia 29/07/17 às 20:h01min por SEGURANÇA PRIVADA Jucelino…

Bandidos explodem carro forte na BR-277. Ação deixou feridos e rodovia interditada



Um assalto cinematográfico a um carro forte na noite de sexta-feira (28) trouxe medo e transtornos para motoristas que seguiam pela BR-277, no sentido litoral paranaense. Por conta da ação dos bandidos que abordaram o veículo blindado na região do quilômetro 38, em Morretes, trechos da rodovia ficaram totalmente interditados desde às 20h de ontem.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) o bloqueio aconteceu nos quilômetros 30, 48 e 60 e ao todo, chegou a provocar congestionamentos de cerca de 10 quilômetros. Segundo a concessionária que administra o trecho, as pistas só foram liberadas por volta da 1h30 deste sábado (29) no sentido Curitiba e pouco antes das 2h, para quem seguia a Paranaguá.

Com a troca de tiros, o motorista do carro forte e um caminhoneiro acabaram feridos. Baleados, eles foram socorridos sem risco de morte e encaminhados para o Hospital Cajuru, em Curitiba. De acordo com informações de familiares, o motorista do caminhão foi atingido por uma bala perdida, mas o tiro foi de raspão e ele já se recupera na casa de um parente em Curitiba.

Segundo a PRF, o veículo da empresa de transporte de valores Proforte seguia com quatro seguranças no sentido Paranaguá, quando por volta das 19h de ontem, já na Serra do Mar, foi surpreendido, por um grupo de oito indivíduos armados que estavam em dois carros, uma Range Rover Evoque e um Corolla. Portando fuzis calibre 50 e 762, que têm uso restrito às Forças Armadas, eles atiraram contra os vigilantes, obrigando o carro forte a parar.

Em seguida, os bandidos, que estavam em um grupo de oito, explodiram o cofre do blindado para ter acesso ao dinheiro e um dos carros usados por eles na ação, fugindo em uma caminhonete branca e em um sedan de cor escura, em direção ao litoral do Paraná. No local onde tudo aconteceu foram encontrados explosivos do tipo C4 usados pelo grupo, que foram removidos posteriormente pelo Esquadrão Antibombas da Polícia Militar (PM).

Durante a fuga, já nas proximidades do quilômetro 25 da BR-277, os criminosos se depararam uma viatura da PM e houve nova troca de tiros. Mas os bandidos conseguiram escapar, bloqueando a rodovia com dois carros de motoristas que estavam na estrada. Os veículos tiveram seus pneus furados e suas chaves levadas.

Equipes da Polícia Rodoviária Federal e o Batalhão de Operações Especiais (BOPE) da Polícia Militar também participam da ação, tentando deter os criminosos. Até o fim da manhã deste sábado ninguém havia sido preso e não havia informações sobre os valores roubados.

Modificados
Segundo a PRF, os bandidos modificaram dois carros para poder instalar as duas metralhadoras .50, uma em cada carro utilizado. Os bancos foram retirados e foi criada ainda uma proteção de metal para que eles pudesse atirar sem serem atingidos.